Por Fevereiro 12, 2013 0 Comentários Leia mais →

Marketing imobiliário e suas armadilhas


Sabe aquela sensação de que todos os lançamentos imobiliários são iguais? Isso é culpa das agências de propaganda e dos próprios clientes, que dificilmente inovam ao lançarem novos imóveis. Conheça algumas armadilhas do marketing imobiliário e atire a primeira pedra quem nunca se deparou com uma campanha assim.

Marketing imobiliário: igual desde o tempo dos nossos avós.

Lazer completo. Desafio você a encontrar algum empreendimento imobiliário que não tenha lazer completo. Basta ter uma portaria, um salão de festas, uma quadra esportiva e piscina que já   ganha o status de lazer completo. Está certo que esses itens citados são os que realmente são mais usados. Mas como ficam os empreendimentos com quadra de tênis, piscina térmica, cinema, estética etc? Geralmente um lançamento com lazer completo verdadeiro é carinhosamente apelidado de ˜pombal˜.

marketing imobiliário

Viver junto da natureza. Pronto. Se prepare para morar LONGE. Quando você ver um lançamento imobiliário em que a natureza é o grande diferencial, esteja ciente que esse empreendimento fica pertinho das botas do diabo. Não tem como, pelo menos nas grandes capitais, se lançar um empreendimento em que haja muita área verde nativa. Por que? Por dois motivos: um que não existem mais terrenos assim; dois, porque os órgãos municipais de meio ambiente nunca liberariam uma obra como essa. Só liberam se não cortar árvore. E pra não cortar árvore tem que cobrar muito caro e a conta não fecha. Simples assim.

Exclusivo. A propaganda que usa esse termo é para dizer para você: nem vem com pouco dinheiro porque esse imóvel é caro. Quer exclusividade? Tem que pagar!  Provavelmente esse apartamento é em torre única, num super ponto na cidade. E se for casa, com certeza não é geminada. Por falar em casa geminada, por favor aprenda que o correto é assim mesmo. Nada de dizer geRminada, ok? Ou você já viu casa germinando? rsrs

Perto de tudo. Haja falta de argumentação! Pelamor… Sabe o que aconteceu aqui? Briefing incompleto, preguiça do marketing ou falta de espaço no anúncio. Ou o que é pior: o empreendimento não tem nada perto e essa foi a única forma de vender a localização.

Veja alguns anúncios de marketing imobiliário de antigamente aqui e divirta-se.

Gostou do post? Conhece algum outro termo muito usado no setor? Deixe seu comentário!



publicado em: Marketing

Publicar um comentário